Texto principal
logotipo do visibilidade.net: Visibilidade.net, estar presente na web não basta
 

  » Início

  » Artigos

  » Contactos

  » Divertimento

  » Glossário

  » Notícias

  » Perguntas frequentes

  » Sobre

  » Utilidades
   » Subscrição

  » Facebook

Início > Artigos > A importância do grafismo em web design

A importância do grafismo em web design

Não existe mal nenhum em contratar um artista para criar grafismos apelativos para incluir num novo site. O problema é quando se contrata apenas o artista e se espera que ele consiga tratar de todas as questões necessárias para criar um sítio web de qualidade.

Don Norman no seu livro Emotional Design: People and Things apresenta os três níveis de impacto que o design das coisas tem sobre as pessoas: visceral, comportamental e reflexivo. Vamos analisá-los do ponto de vista do web design.

Visceral

É o nível mais imediato, trata-se da primeira reacção que uma pessoa tem ao chegar a um sítio web e é dominado pela aparência.

É possível transmitir ideias e sentimentos através do grafismo. Por exemplo, formas redondas dão uma sensação de conforto enquanto que formas com arestas aguçadas podem dar uma sensação de perigo.

No entanto, a maneira como o grafismo é interpretado pelos utilizadores é subjectiva e depende muito da sua psicologia e cultura. As cores são muito usadas nos grafismos para transmitir sensações.

Na cultura ocidental o preto transmite normalmente sensações negativas como morte, funerais ou pessoas más mas na China é a cor adequada para os meninos. Considerando as múltiplas culturas existentes nas nossas sociedades e a natureza global da Web, pode-se concluir que é arriscado construir um sítio com preocupações apenas ao nível visceral.

Os designers gráficos têm fortes competências ao nível visceral do design e o seu trabalho é fundamental para garantir que o seu sítio web não tem um aspecto que afugente os utilizadores assim que chegam.

Comportamental

Passada a fase visceral o utilizador pergunta-se agora: O que é este site e como é que funciona?

Entra-se agora no nível comportamental, em que o utilizador analisa o funcionamento do sítio web e aprende a usá-lo.

Caso o sítio web seja muito difícil de usar então apresenta problemas ao nível comportamental. Os especialistas em usabilidade actuam principalmente a este nível, para garantir que os utilizadores conseguem executar as tarefas pretendidas da forma mais eficiente possível.

Reflexivo

O nível reflexivo é baseado na ideia que o utilizador tem do sítio web. Considerando uma situação em que um utilizador vai comprar um produto pela primeira vez a um sítio, o nível reflexivo actua quando, antes do utilizador inserir o número do cartão de crédito se pergunta: Devo mesmo confiar neste site e pagar?

O nível reflexivo tem muito a ver com a confiança no serviço e esta é influenciada por vários aspectos:

  • Pelo impacto visceral. O site poderá ter transmitido uma sensação desagradável ou de desconfiança ao utilizador;
  • Pelo impacto comportamental. Se o site foi muito difícil de usar, o utilizador poderá não ter vontade de lá voltar ou de recomendá-lo;
  • Pela imagem pré-concebida. O site de uma marca bem conhecida poderá inspirar mais confiança. Aqui entram principalmente os profissionais do marketing. Um estudo revelou que 36% dos utilizadores de motores de busca, relacionam a posição que um sítio web ocupa nos resultados das pesquisas com a proeminência no mercado da empresa respectiva. Assim sendo, a optimização para motores de busca, além de garantir que um sítio é encontrado e visitado, também contribui para a melhoria do impacto reflexivo.

Conclusões

É necessário ter em consideração os três níveis de impacto do web design porque podem-se perder utilizadores em qualquer um deles. A construção de sites de qualidade requer conhecimentos multidisciplinares.

 

Novembro, 2008
/Daniel Gomes

SocialTwist Tell-a-Friend
A sua participação é importante. Não hesite em contactar-nos.